• Larissa Gobbo

Cidades e suas soluções: um modelo planejado


O vídeo é de agosto de 2011, mas o conceito e as idéias são para o futuro e o que é discutido pelo Programa Cidades Sustentáveisprecisa ser colocado logo em prática pelos governantes e políticos e cobrado pela sociedade civil. E com urgência.


Há poucos dias das eleições, é importante sabermos o que queremos e termos consciência dos nossos atos. Presidente, governadores, deputados federais e estaduais: reeleitos ou não, primeiro mandado ou político de carreira, todos serão representantes da sociedade e serão colocados lá para defender as causas dos eleitores. O voto consciente nunca foi tão essencial, estratégico e decisivo.


Mas, afinal, o que é sustentabilidade e o que significa uma cidade ser sustentável?


Primeiro de tudo, é necessário ter a visão holística da situação, não adianta mais desmembrar os problemas como se cada um tivesse uma solução individual e nenhuma conexão com os demais. É hora de planejar urbana e ambientalmente com visão e valores diferentes, utilizando a meta maior de futuro onde os programas e ações estejam pautadas essencialmente no bem-estar da população e no desenvolvimento equilibrado das cidades, com decisões que estejam acima de interesses políticos individuais ou corporativos.


Uma cidade que promove o desenvolvimento sustentável torna-se referência para todos os governos do mundo. Utilizar o planejamento urbano a favor do meio ambiente é a chave para o sucesso: tão simples e muito conhecido, mas pouco posto em prática, continuamente.

Existem exemplos de cidades sustentáveis pelo mundo inteiro, vejam alguns exemplos que já em 2011 detinham esse status:

  • Copenhagen, Dinamarca: 530 mil habitantes e uma meta de até 2015 ser a melhor cidade do mundo para os ciclistas. Para isso, montou e está executando um plano de investimentos na criação e melhoria da infraestrutura para esse veiculo barato e que não emite gases tóxicos para a atmosfera: a cidade tem 340km de ciclovias, 40km de ciclovias-verdes (em parques), a maior parte das estradas com corredores para as bicicletas em ambos os sentidos e uma adesão de 55% dos moradores usam o veículo para ir trabalho. O resultado? A melhoria significativa do transito e do bem estar da cidade.

  • Rizhao, China: 2,8 milhões de habitantes e uma política pública do governo que tornou obrigatória a instalação de aquecedores solares em todos os prédios da cidade e que projetou a maioria dos sinais e iluminação pública de parques para ser alimentada através da células solares. Essas medidas reduziram as emissões de carbono e a poluição local, e provocou, ainda, uma revolução cultural nos habitantes da cidade.

  • Mälmo, Suécia: 290 mil habitantes e bairros com sistemas de águas pluviais e telhados verdes que diminuiu com as inundações e criando um ambiente estético com alta biodiversidade. 1/3 do lixo em adubo fértil pela compostagem; em outros bairros a energia para os apartamentos é produzida localmente com energias renováveis;

  • Los Angeles, Estados Unidos: 3,8 milhões de habitantes e um plano de gestão dos resíduos sólidos pode tornar a cidade líder mundial em reciclagem e reaproveitamento até 2030. Algumas das metas estabelecidas são alcançar 70% de taxa de reciclagem em 2015, reduzir em 35% as emissões dos gases causadores do efeito estufa, conversão da frota inteira de saneamento para veículos que usem combustíveis limpos, além da conservação dos recurso naturais e proteção ambiental. Com as medidas implantadas até o ano de 2011, já houve uma redução de 62% na quantidade de resíduos destinada aos aterros e a cidade caminha para a meta é de transformar LA na "cidade com resíduo zero".


Sustentabilidade é a nova palavra de ordem mundial, significa planejamento, boa gestão, consciência política, participação, economia responsável, compromisso com os valores humanos, cuidado com a natureza e as pessoas, ação local e visão global. Faça parte desse movimento de desenvolvimento urbano com inclusão social e equilíbrio com o meio ambiente e a partir de uma prática local seja uma liderança mundial.


Confira a íntegra do vídeo do programa Cidades Sustentáveis.


#cidadessustentaveis #greencities

© 2017 por Gobbo Projetos e Consultoria. Com todos os direitos reservados.